flanges

Flanges: Entenda Melhor o Que É

Você já ouviu falar nos flanges? Estes são elementos que visam dar a união de dois componentes de um sistema de tubulação. Eles costumam ser unidos por um conjunto de parafusos, que são montados em pares.

Isso permite que haja o desmonte de peças sem a necessidade de realizar operações de destruição. A função básica é fazer a vedação entre as conexões, de maneira a garantir que os fluídos não escapem das mesmas.

Quais são os tipos de flanges existentes

Agora que você já sabe o que são os flanges, é importante entender sobre quais são os tipos existentes deste material. Confira abaixo.

Flange Cego

O flange mais popular é o chamado “flange cego”, que pode ser encontrado mais facilmente nos mercados. Ele conta com um furo bem no centro, e costuma ser utilizado principalmente para as extremidades em sistemas de tubulação.

Isso permite uma melhor inspeção, e, assim, uma melhor continuação na estrutura. Este é usado principalmente para fazer o fechamento de linhas e de seções flangeadas. Além disso, pode ser utilizado em diversas condições de pressão e temperatura.

Flange Lap-Joint

Também conhecido como flange solto, o “flange lap-joint”, é utilizado com um cômodo à inserção stub-end. Ele é aplicado em tubulações que requerem a desmontagem frequente. Estes podem girar, e possibilitam uma forma fácil para alinhar os furos.

Flange com pescoço

Por sua vez, o “flange com pescoço” foi criado para fazer a transferência da tensão para a tubulação. Com isso, ele reduz a pressão concentrada em sua base.

Ele é bem conhecido por conta do seu pescoço cônico, além de ter resistência à deformação. A extremidade é chanfrada, e favorece a solda de topo. O flange com pescoço é usado para diversas condições de pressão e de temperatura, por conta da sua estrutura.

Flange Roscado

O “flange roscado” é mais econômico. A montagem é fácil, usada em várias aplicações industriais. Ele pode ser unido ao tubo sem que haja a necessidade de soldas. O uso mais adequado pode ser em pressões médias, de preferência na temperatura do ambiente.

Na indústria de montagem das placas de orifícios, o “flange orifício” é o mais comum. Estes orifícios são aplicados de forma a medir a vazão dos gases e líquidos que acabam passando dentro da tubulação. Se for comparado com outros tipos, o flange orifício traz uma vantagem, que é ter parafusos extras, que facilitam a separação dos flanges para a manutenção das placas.

Flange Sobreposto

Enquanto isso, o “flange sobreposto” é um flange feito para deslizar sobre a tubulação, antes de que este seja soldado. Ele é recomendado para ser usado em aplicações de pressão baixa, e não permite a ligação direta com conexões tubulares, nem com ensaios de radiografia na linha. Há a necessidade da aplicação de solda tanto do lado externo quanto do lado interno. Sua utilização pode ser sob as mais variadas temperaturas, bem como com pressão mais moderada.

Flange soquete

Por fim, o “flange soquete” é utilizado em diversos tipos de indústrias, como as de gás natural e petróleo, por exemplo. Sua operação pode ser feita em qualquer temperatura, mas não há a recomendação para ser utilizado em lugares com grande variação de temperatura.

Neste texto, você pode conhecer sobre o que são os flanges, e quais os tipos mais recomendáveis para serem utilizados na sua indústria!

Clikss Brasil
Subscribe To Our Newsletter
Subscribe To Our NewsletterJoin our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Obrigado por inscrever-se

× Como posso te ajudar?