Válvulas de controle

Devemos dimensionar válvulas de controle?

válvula de controle As válvulas de controle, apesar de parecerem algo que está fora do dia a dia de muitas pessoas, são comumente usadas em empresas, inclusive empresas que oferecem seus serviços para casas e prédios.

Mas não é só isso, elas têm uma grande importância dentro dessas empresas, pois elas são as responsáveis por controlar um objeto que chamamos de obturador, que funciona por meio de um sinal externo recebido por ele.

Válvulas de controle

Mas antes de falarmos se devemos ou não dimensionar as válvulas de controle, vamos falar exatamente o que é uma válvula de controle. Como já foi dito, as válvulas de controle são uma peça que controla outras peças, como o atuador, obturador e o posicionador.

Depois do obturador receber o sinal externo, a interface entre o atuador e o sinal externo é executado por outro terceiro elemento das válvulas de controle, o posicionador.

O primeiro componente, o atuador, movimenta o obturador para a posição que você deseja e a mantém por lá pelo tempo necessário, mas ele também é capaz de executar o movimento dentro dos limites aceitos em relação ao tempo decorrido e a força aplicada.

Além disso, o atuador também é capaz de mover o obturador para uma posição já predeterminada em casos de falha.
No mercado, os tipos mais comuns de atuador são: pistão, diafragma e eletromagnético.

Já o posicionador é o responsável por compensar as deficiências mecânicas do atuador, como desgaste, por exemplo.
No caso do posicionador, os mais encontrados no mercado são: eletrônico, eletropneumático e pneumático.

Dimensionando as válvulas de controle

Agora, voltando a pergunta inicial, devemos dimensionar as válvulas de controle? Sim! Por exemplo, essa dimensão é importante se você for usar redução de bitola para válvula, usada para reduzir a pressão de água, gás, óleo ou vapor.

É esse calculo que vai definir o tipo de válvula que será usado, sua área de passagem e sua capacidade de vazão.
Então para que você possar saber, corretamente, a especificação correta do diâmetro de uma válvula de controle é preciso fazer o cálculo do coeficiente de vazão, que é chamado de Cv.

Nesse caso, quanto maior for o coeficiente de vazão da válvula de controle, maior será a sua capacidade de vazão quando instalada em um processo.

Então, para maior eficiência do funcionamento da válvula de controle usada em determinado setor é necessário fazer essa dimensão.

Como dimensionar as válvulas de controle

Para fazer essa dimensão, o cálculo do coeficiente de vazão das válvulas de controle é preciso levantar algumas informações importantes, levando em consideração em que condições as válvulas irão operar.

Para fazer essa dimensão será necessário levantar os dados de fluxo das válvulas de controle; vazão (mínima, normal e máxima); pressão à montante (PI) e a jusante (P2) para a vazão mínima, normal e máxima, e a temperatura do fluxo.

Será necessário também fazer a identificação do fluido, a pressão de vaporização e fazer uma análise dinâmica do fluxo por meio da válvula.

Juntando todas essas informações, você será capaz de dimensionar corretamente suas válvulas ou válvula de pressão.

É preciso levar também em consideração o tipo da válvula, se ela é uma agulha, alívio, bipartida ou fundo de caldeira.

Caso precise de qualquer uma delas, você pode facilmente encontrá-las na loja online da .

O melhor de tudo é que você pode ter essas peças em mãos em menos de 24 horas e não terá que esperar muito tempo para dimensionar suas válvulas de controle.

Clikss Brasil
Subscribe To Our Newsletter
Subscribe To Our NewsletterJoin our mailing list to receive the latest news and updates from our team.

Obrigado por inscrever-se

× Como posso te ajudar?